Notícias

Confira as principais notícias do Grupo Vila, textos sobre lançamentos, histórias inspiradoras e muito mais.

feed1

Criado em
em Novidades

Transformação digital, ressignificação do luto e humanização

Grupo Vila completa 72 anos de atuação e se torna referência em serviços prestados diante da pandemia com ferramentas para facilitar a vida dos clientes

A crise mundial decorrente da pandemia do coronavírus impactou seriamente a população que teve de ficar distante socialmente. Por conta disso, o sinal de alerta acendeu para as empresas, que por estarem longe dos clientes tiveram que encarar o desafio de se adaptar à nova realidade garantindo qualidade nos serviços.

Foi exatamente o que aconteceu com o Grupo Vila, empresa do segmento funerário, detentora das marcas Morada da Paz, Plano Sempre e Vila Pet, com atuação em Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. Neste mês, o Grupo chega aos 72 anos de atuação com a marca da excelência em prestação de serviços funerários que abrangem a valorização das pessoas e o propósito de mudar a forma com que a sociedade enxerga o luto.

Diante da pandemia, o Grupo Vila é exemplo de empresa que precisou se transformar e se adaptar. Mesmo que o serviço funerário seja uma função essencial, sobretudo diante da maior ocorrência de óbitos, a criação e ampliação de alternativas digitais foram essenciais para manter o padrão da empresa mesmo em tempos adversos.

Para Eduardo Vila, a atuação do Grupo teve sua credibilidade reforçada com as ações desenvolvidas durante a pandemia. “O Grupo Vila sempre teve a missão de mudar a percepção das pessoas sobre o luto e esse é um dos momentos em que essa pauta está em evidência, portanto, nosso papel é valorizar a vida das pessoas, amenizar a dor dos que ficaram e proporcionar suporte as despedidas e ao luto”, conta. “Essa missão tem sido cumprida através dos colaboradores que constroem o Grupo com inovações, como o Morada da Memória, a Funerária Digital, entre outras ações que reforçam a excelência da nossa atuação”, disse Vila.

Recentemente, o Cemitério e Crematório Morada da Paz foi um dos vencedores do Pursuit of Excellence Award, premiação da NFDA conquistada pela 4° vez pela empresa, que reconhece a excelência de empresas do segmento funerário em todo o mundo.

Inovação

Quando a pandemia chegou estava em andamento o projeto Morada da Memória, plataforma digital de homenagens, onde enlutados, familiares e amigos podem deixar homenagens escritas, fotos e vídeos aos seus entes queridos, bem como homenagear com flores ou uma vela virtual. Já a Funerária Digital foi a grande inovação do Grupo Vila em tempo recorde. A ferramenta começou a ser desenvolvida logo no início do isolamento social, ainda no final de março, quando a empresa constatou o quanto a iniciativa iria ser fundamental para a segurança e conforto dos clientes. A Funerária Digital foi desenvolvida e lançada em cerca de 15 dias, com o objetivo maior de atender e acolher os clientes enlutados com a agilidade e atenção que são tão importantes nesse momento.

“O Grupo Vila já é uma empresa focada em inovação e esse cenário de pandemia só nos fez acelerar ainda mais essa característica. Já vínhamos numa jornada de grande transformação digital com foco em dados, automação, novas ferramentas de gestão, entre outras iniciativas focadas em garantir experiências satisfatórias aos nossos clientes, mesmo em casos de distanciamento e restrições”, destaca Vivianne Guimarães, diretora de mercado da empresa.

Outra ferramenta digital do Grupo Vila que ganhou força nesse momento é o Velório Virtual, iniciativa disponibilizada pela empresa de forma pioneira no Brasil desde 2001. Por meio de uma câmera instalada nas salas de velório das unidades do Morada da Paz é possível acompanhar a despedida do ente querido à distância. Neste momento de crise o serviço chegou a crescer mais de 50%. Com isso foi ampliada para 18 a quantidade de salas com o serviço disponível, além dos kits de transmissão que possibilita a realização de velórios de qualquer lugar, e já houve transmissões para países como Estados Unidos, Alemanha, Canadá e China.

Para Eduardo Vila, é uma honra saber que milhares de pessoas optam pelos nossos serviços num momento tão difícil de suas vidas. “Nosso cliente é quem nos faz querer ser melhores a cada dia fazendo com que eles tenham conforto, comodidade e se concentrem tão somente na despedida e na preservação da memória de seus entes queridos. Todos os serviços funerários e resolução de burocracias são de nossa responsabilidade”, afirma.

Somos Essenciais

Confira o teaser do projeto “Somos Essenciais” promovido pelo Grupo Vila como uma forma de reconhecer e valorizar a atuação, o comprometimento e dedicação de seus colaboradores em meio a pandemia do coronovirus. Convidamos a fotógrafa potiguar, Luana Tayze, para fotodocumentar o dia a dia de nossas equipes nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, durante o mês de agosto. O projeto, além de cumprir seu papel enquanto registro histórico, foi pensando como uma forma de agradecer a todos os profissionais do segmento funerário que estão enfrentando esse momento para cumprir seu papel, como parte de um serviço necessário, importante e que não pode parar.